quinta-feira, 31 de maio de 2012

bem vindo

Hoje eu fiquei extremamente feliz porque:

  • passei o dia todo fotografando meninas lindas de 9 anos que gostam de passar batom e andam pra todos os cantos com aquela calcinha grande de algodão e aqueles peitinhos lisos, que eu tenho tanta saudade
  • firmei parcerias que me deixaram animada
  • usei com uma saia nova que to amando
  • comprei um batom que estou apaixonada pela cor 
  • andei pelo calçadão a noite conversando com uma grande amiga
  • peguei uma van, e ao entrar me deparei com um homem negro de uns 57 anos, ao lado dele tinha uma gordinha com sua filha, que me olhou com enorme curiosidade e eu pra ela e o homem negro me disse sorrindo antes que eu sentasse:
homem - boa noite, seja bem vinda.

sentei e retribui com um sorriso:

eu - obrigada!

meio que maravilhada com a receptividade inesperada.

seguimos em silêncio. ao começar a Niemeyer o cobrador me cobrou, eu abri a bolsa pra pegar a carteira e lembrei do batom com medo de tê-lo perdido, bateu aquele desesperinho típico de pessoas distraídas que perdem objetos com facilidade. ufa, achei. então catei a carteira e tirei 2 reis. abri o bolsinho da carteira e peguei 0,50 centavos

o homem falou brincando:

homem - ela está procurando no meio dos seus dólares
eu - pois é, no meio dessa dinherama eu consegui achar 2 reias! milagre! minha conta tá tão cheia de dinheiro que eu to andando de van só pela experiência. (risos)
homem - não importa como voce vai, quando a gente quer chegar no nosso objetivo, e ele é bom, e ele é justo, a gente tem que ir com quem vai levar a gente até lá, não importa quem. 

nos aproximamos do Vidigal. a van parou, eu desci, a van seguiu. 



segunda-feira, 21 de maio de 2012



Hoje eu floresci
a primavera 
inteira
prateada
brotou tudo
deu rosa
furta-cor
ourou 
reluziu
uma idéia translúcida
de pétala
despertou o jardim
quando choveu
o céu encostou em mim
brumeceu
acordou tudo
entumeci
e explodi jorrando 
veludo e jasmim





Conclusão de Domingo

os Alquimistas

das melhores coisa da vida:
sonhar
e depois se deparar com ele vivo na sua frente
como uma premonição de escultor
transformar pensamento em matéria

m a t e r i a l i z a r

(o contrário também é verdadeiro: tornar a matéria pensamento)

Brincar com o estado das coisas
percorrer os caminhos
entre o concreto e o abstrato
travar pontes entre o ar e o terra
é  tarefa
é dom natural do homem ser mágico
ou ter poderes sobre-ultra-naturais

----

outra conclusion

a artista quando acha que dá uma grande contribuição a humanidade com sua arte, que atingiu um nível superior e patati patata, torna-se imediatamente um chato.


tinham outras mas eu esqueci.

domingo, 13 de maio de 2012


a gente se parece com o que a gente ama



terça-feira, 8 de maio de 2012

Alien



pode ser:
um negócio que sai da boca em forma de sorriso
ou palpitação
um sopro no coração
um corpo que reverbera em ondas
vontade de nunca ir embora
pés planando a 2 centímetros do chão
(e a cabeça inventando o paraíso)

alegria espontânea que do nada brota,
na manhã seguinte
em forma de riso que não sai da cara
tem gente que chama de paixão
acho que ainda não


----------------

a manhã revela os segredos
da noite que passou
ela sempre lembra as angustias mais fundas
e multiplica a fossa (o poço)
assim que se abre o olho
ou solta a torneira um pouco
e revela o sorriso frouxo

a manhã sempre sabe
de onde a gente veio