quinta-feira, 31 de maio de 2012

bem vindo

Hoje eu fiquei extremamente feliz porque:

  • passei o dia todo fotografando meninas lindas de 9 anos que gostam de passar batom e andam pra todos os cantos com aquela calcinha grande de algodão e aqueles peitinhos lisos, que eu tenho tanta saudade
  • firmei parcerias que me deixaram animada
  • usei com uma saia nova que to amando
  • comprei um batom que estou apaixonada pela cor 
  • andei pelo calçadão a noite conversando com uma grande amiga
  • peguei uma van, e ao entrar me deparei com um homem negro de uns 57 anos, ao lado dele tinha uma gordinha com sua filha, que me olhou com enorme curiosidade e eu pra ela e o homem negro me disse sorrindo antes que eu sentasse:
homem - boa noite, seja bem vinda.

sentei e retribui com um sorriso:

eu - obrigada!

meio que maravilhada com a receptividade inesperada.

seguimos em silêncio. ao começar a Niemeyer o cobrador me cobrou, eu abri a bolsa pra pegar a carteira e lembrei do batom com medo de tê-lo perdido, bateu aquele desesperinho típico de pessoas distraídas que perdem objetos com facilidade. ufa, achei. então catei a carteira e tirei 2 reis. abri o bolsinho da carteira e peguei 0,50 centavos

o homem falou brincando:

homem - ela está procurando no meio dos seus dólares
eu - pois é, no meio dessa dinherama eu consegui achar 2 reias! milagre! minha conta tá tão cheia de dinheiro que eu to andando de van só pela experiência. (risos)
homem - não importa como voce vai, quando a gente quer chegar no nosso objetivo, e ele é bom, e ele é justo, a gente tem que ir com quem vai levar a gente até lá, não importa quem. 

nos aproximamos do Vidigal. a van parou, eu desci, a van seguiu. 



Um comentário:

A Menina Sem Século disse...

que coisa mais linda. love u.