terça-feira, 31 de agosto de 2010

eu quase toquei meu sonho


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
a casa está arrumada
mas eu estou uma zona
e depois de um dia de lágrimas
vem a noite
e depois de muitas noites em preto
sem sonhos nem pesadelos
são as piores noites, as noites mortas
esquecidas, sem memória,
derretidas num ibernar profundo
abre-se a pista de pouso
Uma surpresa interessante: um sonho de amor surreal
impossível, verdadeiro
e a certeza de que a vida
como um tabuleiro
de damas e cavaleiros
tambem vem em branco e negro
----------------
e todas as outras cores
primárias e seus degradês
a gente vai se misturando
ver é pura locura do corpo *
repulsa e dá tesão e não explica nunca por que
e eu também não quero nunca
nunca nunca
não quero nunca entender
quero sentir
o cru do real ao devaneio
sentir
a cada segundo um coice
e um carinho
eu vou gostando e odiando
eu mesma me coiceio
e me contradigo o tempo todo
por que a vida me ensina que é assim
mutante, brocha, desabrocha
eu sempre prefiro o começo
do que o
fim
.
* frase da clarice na colagem de um dia desses

domingo, 22 de agosto de 2010

Oração do dia 23


Nil - Eu vou obrigar a vida a me responder como eu quero. não adianta tentar me fazer ter medo. Eu estou mais perto da vida do que você! Eu sei, muito mais que você que a vida é dura, que às vezes é repugnante, má. E que uma força desenfreada oprime o homem. Eu sei, e isso me deixa indignado. Mas essa ordem eu não aceito! Eu sei que a vida é uma coisa séria, mas ainda não esta bem organizada. Para ajudar a organizá-la eu vou ter que dar toda a minha força, toda a minha juventude. Também sei que não sou nenhum herói, mas simplesmente um homem! E digo mesmo: não me importa, nós é que vamos vencer! E com todas as minhas forças, eu vou me colocar na própria espessura da vida. Tratar de moldá-la, atrapalhando uns e ajudando outros...Isso é a alegria de viver!

Os pequenos burgueses. Maximo Gorki

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

sobre como descompletar




Coisa que eu gosto é poder ficar em casa sem tempo
remexendo as coisas, inacabando elas,
olhar fotos, cartas, gavetas, jogar fora
aqueles coisas inúteis e guardar com carinho outras mais
inúteis ainda que não quero me livrar, quero apegar
rasgar, queimar o que quero deletar da mémoria,
o que não quero deixar provas
tomar chá e comer chocolate no intervalo,
fuxicar músicas, arrumar bagunçando mais ainda, descompletar tudo,
ler cadernos antigos, trechos de livros e achar frases como essa

"a importância de uma coisa não se mede com fita métrica, nem com balanças (...) a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produz em nós"


do mestre Manoel de Barros