domingo, 20 de junho de 2010

F.

.
vejo esse homem caminhar na minha frente
ele tem 55 anos e sua vida é nova, completamente nova
sobe a escada, sai do degrau que sempre esteve e sobe
para a sua vida, para sua casa
que a agora é sua, tem seu cheiro, seus objetos antigos misturados
com novos, seus cds, vinhos, quadros da Margaret Mee, roupas jogadas,

livros por toda parte, jornais no banheiro
Sua vida depois de tanto tempo é sua
e sua casa depois de tanto tempo
pode ser nossa

Nenhum comentário: