quarta-feira, 19 de novembro de 2008

transito interno ou pausa na monografia

Choveu nos meus olhos e dentro de mim engarrafou

....

o sangue parou de circular
as artérias intupiram
as células habitaçoes ficaram enxarcarcadas e meus genes tão humanos perderam tudo, suas posses, seus nucléos (o núcleo da casa seria a cama?)
os glóbulos vermelhos não conseguiam transportar o oxigênio, ligaram suas cirenes, estava faltando ar
nada passava
o momento queria pedurar por mais tempo dentro do corpo



esse ensaio incompleto por conta de uma monografia, volta um dia...

Nenhum comentário: